Se você está pensando em viajar com seu cãozinho, seja a passeio ou para morar em Portugal é necessário seguir alguns procedimentos obrigatórios que precisam começar a ser feitos até 3 meses antes da viagem.

É importante lembrar que cães de focinho achatado não são recomendados a este tipo de viagem, pois eles possuem muita sensibilidade a altas temperaturas, por isso é sempre bom consultar a companhia aérea pois cada uma tem suas regras para transporte de cães.

Tudo certo, vamos lá:

Microchip

Leve seu cãozinho a uma clinica veterinária de sua confiança e peça a colocação do chip. É muito importante nesse momento o cadastramento correto dos dados do cãozinho e do seu responsável. Após a colocação do chip, o veterinário vai fornecer o certificado e o número de identificação.

Vacina contra raiva

A União Europeia exige a vacina contra raiva e a quarentena antes do embarque. Calma, a quarentena não significa que seu cãozinho ficará isolado do mundo, igual vemos em filmes, nesse período ele deve ficar somente em casa para garantir que ele não desenvolveu nenhuma doença após a vacina.

Sorologia

Esse exame é o principal, e seu cãozinho só pode viajar depois de 90 dias a partir dessa data e é nesse período que começa a quarentena.

O exame deve ser feito e enviado ao CZZ (Centro de Controle de Zoonoses de São Paulo), único no Brasil credenciado para realização desse exame pela União Europeia. O resultado pode demorar de 30 a 60 dias e o exame deve resultar superior a 0,5MI/ML. Caso contrário, todos os passos precisam ser refeitos, exceto a colocação do chip.

Passagem aérea e caixa transportadora

Após o resultado da sorologia, você deve consultar a companhia aérea para descobrir se pelo peso do seu cãozinho ele está liberado para viajar na cabine ou no porão. É importante lembrar que as especificações da caixa devem ser passadas no momento da reserva da passagem que serão conferidas no momento do checkin. A caixa precisa estar dentro das normas IATA e respeitar o tamanho do cãozinho de um palmo a cima dele sentado e de largura que ele consiga dar uma volta ao redor do próprio corpo.

O peso total do cãozinho para ele viajar na cabine com você deve ser de 40Kg, caso exceda o valor ele não é mais considerado animal doméstico e deve ser enviado como carga especial com taxas que variam de acordo com cada companhia.

Emissão de czi e solicitação do atestado

Calma, agora falta pouco!

Após a passagem comprada e o exame de sorologia em mãos é necessário agendar a Vigiagro ( Ministério da Agricultura). Eles irão emitir um certificado veterinário internacional, um documento importante que permite a entrada do cãozinho na União Europeia. Esse certificado é valido por 10 dias.

Com o Vigiagro agendado é hora de voltar no veterinário e solicitar um atestado de saúde. Uma autorização de que seu cãozinho tem saúde para viajar. Esse atestado deverá ser entregue no Vigiagro e tem validade de apenas 3 dias, então só solicite 1 dia antes da data agendada.

Avisar o aeroporto de destino

Você precisará avisar o aeroporto de Lisboa que estará chegando com seu cãozinho, para isso é necessário enviar um e-mail para a vigilância sanitária do aeroporto com 48 horas de antecedência. Todos os documentos precisarão ser apresentados, portanto fique atento para não esquecer nenhum antes de sair do país.

Após a sensação de dever cumprido, no dia do embarque siga todas as recomendações do veterinário para que seu cãozinho tenha uma boa viagem e nenhum imprevisto aconteça. É necessário para quem viaja com animal de estimação chegar 4 horas antes do embarque.

Boa Viagem!

Agora que você já tirou todas as suas duvidas como levar seu cachorro para Portugal, é hora de embarcar, a Carmim Turismo lhe oferece total suporte antes e durante sua viagem, oferecendo os melhores pacotes com os melhores preços, além de total segurança para você e sua família.

SOLICITE AQUI UM ORÇAMENTO DE PASSAGENS AÉREAS.