Muitos estudantes brasileiros sonham em estudar nos EUA, mas ficam na dúvida sobre as vantagens e desvantagens do visto, como funciona, quanto tempo pode ficar e etc. E nesse post de hoje, vamos te explicar certinho como funciona o visto de estudante.

Se a proposta da sua viagem é adquirir fluência no idioma, fazer um curso com carga horária intensiva, com mais de 18 horas semanais e sua pretensão é viajar somente nos fins de semana e nas férias, o visto de estudos -F1 é o mais recomendado.

Para obter o status de estudante é necessário estar matriculado em alguma instituição de ensino nos Estados Unidos que seja autorizada a emitir o I-20. O I-20 é um documento gerado pelo SEVIS – Student and Exchange Visitor Information System que é o um sistema do governo que gerencia os estudantes internacionais. Uma vez que a escola emite este documento, ela precisa submeter a presença do aluno constantemente para Homeland Security para comprovar que o indivíduo está realmente frequentando as aulas. Portanto, caso o aluno não esteja presente durante 20 horas semanais e não der justificativas, a escola notifica o governo, o aluno recebe uma notificação e depois do terceiro aviso, ele é convidado a se retirar do país e tem o visto cancelado.

Vantagens do visto de estudante

O aluno pode trabalhar legalmente na instituição que lhe concedeu o visto. Porém há alguns tipos de restrições a serem consideradas: A carga máxima de trabalho é de 20 horas por semana, sendo que normalmente o salário é baixo, apenas para cobrir custos e não para fazer dinheiro. É necessário atingir acima de 80% de presença e notas para poder continuar estudando e trabalhando com um visto F-1. Mas lembre-se: o trabalho é uma possibilidade, o emprego não é garantido.

Caso o aluno decida extender sua permanência nos Estados Unidos, o processo é bem simples. É necessário permanecer na escola e pedir a renovação do I-20, (a própria escola emite este documento). Com o I-20 válido, o aluno estará legal no país independente do visto ter expirado. Caso aluno optar por transferir para outra escola, basta emitir um novo I-20 com a nova escola e cancelar o antigo com a escola atual que você permanecerá legalmente como estudante. Somente se decidir voltar ao Brasil com I-20 expirado, é que será necessário pedir pelo novo visto F-1 novamente no consulado Brasileiro.

Desvantagens do visto de estudante

Todo o processo de matrícula deve ser realizado diretamente do Brasil, a escola irá enviar a documentação necessária que deverá ser apresentada ao consulado. Se o aluno optar por fazer um ano acadêmico diretamente com a escola ou universidade, tem que quitar o curso antes para receber a documentação e o aluno é responsável por pagar as taxas da emissão do I-20;

O visto de estudante é fornecido de acordo com o tempo do curso, se o estudante comprar 8 meses de curso, por exemplo, provavelmente terá o visto com duração de 10 meses e se depois deste período ele sair dos EUA, terá que retornar ao consulado fazer um novo visto.

SOLICITE AQUI UM ORÇAMENTO DE PASSAGENS AÉREAS.